menu Home chevron_right
Notícias

Agir fez uma surpresa ao pai no Festival da Canção

| 01/03/2021

Uma homenagem de pai para filho, numa surpresa preparada e apresentada durante a segunda eliminatória do Festival da Canção.

Aconteceu no passado sábado, 27 de Fevereiro: AGIR cantou dois dos maiores clássicos de todos os tempos da música portuguesa, Flor Sem Tempo” e “E Depois do Adeus” numa homenagem ao pai, Paulo de Carvalho, que o deixou emocionado e a todos os que assistiam à transmissão em direto da segunda eliminatória do Festival da Canção.

A surpresa que a RTP preparou para Paulo de Carvalho, um dos jurados da edição de 2021 do evento que anualmente elege um representante de Portugal na Eurovisão, permitiu a muitos recordar e a tantos outros descobrir duas das canções mais emblemáticas do Festival da Canção, que se tornaram referências maiores do cancioneiro pop nacional.

Flor Sem Tempo” conquistou o terceiro lugar do então VIII Grande Prémio TV da Canção Portuguesa 1971, com letra de José A. Sottomayor e música de José Calvário, o mesmo compositor de E Depois do Adeus” que, com letra de José Niza, venceu a 12ª edição do Festival RTP da Canção e serviu de primeira senha à revolução do 25 de Abril, consagrando Paulo de Carvalho como um artista de exceção e um dos ícones da luta pela democracia em Portugal.

Escrito por




Fale connosco












    play_arrow skip_previous skip_next volume_down
    playlist_play
    Artistas&Bandas

    GRÁTIS
    BAIXAR